14 de jul de 2010

Biblioteca Pública Monsenhor Bruno.


Dia 12/07 é o dia da inauguração da nova biblioteca pública de Aracati Monsenhor Bruno. Ela ficará localizada à Rua Dragão do Mar em frente a igreja Matriz do município, tendo como característica a beleza arquitetônica do prédio que antes era sede antiga casa da fábrica Unitêxtil. O prédio terá a supervisão do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histório Artístico Nacional).

5 de jul de 2010

XXVI Exposição de Fotografias do Aracati Antigo


O Instituto do Museu Jaguaribano realizará sua tradicional exposição de fotografias e documentos raros. O evento terá início no dia 30 de junho e se extenderá por um mês. Trata-se de uma oportunidade ímpar para conhecer o Aracati do passado e o registro de sua atividade sócio-político-cultural através dos jornais livros e documentos raros que serão expostos.
O salão de eventos do Museu Jaguaribano abrigará três exposições distintas, a saber:

XXVI Exposição de Fotografias do Aracati Antigo - trará como destaque o patrimônio edificado.
XXV Exposição de Jornais Antigos de Aracati e outras regiões e XXII Exposição de Livros Raros, Papéis e Documentos Antigos.

A curadoria do salão é de José Correia, também diretor de arquivo do IMJ e conta com a acessoria do artista plástico Hélio Santos.


XXVI Exposição de Fotografias do Aracati Antigo.

XXV Exposição de Jornais Antigos de Aracati e outras regiões

XXII Exposição de Livros Raros, Papéis e Documentos Antigos.

30 de julho à 30 de agosto

Sede do Museu Jaguaribano

R. Cel. Alexanzito, 740. Centro.

Terça-feira à sábado (horário comercial)

Entrada Franca

Fonte: http://www.museujaguaribano.org.br/

3 de jul de 2010

O Sonho foi adiado para 2014


Parecia que iria ser diferente. A nossa seleção brasileira foi eliminada na Copa da África pela equipe da Holanda de virada. Depois de apresentar um bom primeiro tempo, que terminou com o Brasil na frente em 1 x 0, a seleção retornou para o segundo completamente diferente da primeira etapa e acabou cedendo o gol de empate em uma falha do goleiro Júlio César. A partir de então quando se espevarava a volta do bom futebol brasileiro, o que se viu foi um grande abatimento nos jogadores que resultou na virada holandesa do jogo e um total descontrole em buscar um possível empate.
No vestiário brasileiro a decepção era geral, principalmente nos olhos de jogadores que tinham esse mundial como a última oportunidade de sentir o gosto de ser campeão do mundo como Gilberto Silva e Juan.